Untitled-4 copy

Em época de volta às aulas, pais, crianças e escolas passam pelo conhecido processo de adaptação. É um período que precisa ser planejado cuidadosamente e tem início antes mesmo da chegada da criança à escola.

Os pais devem conversar com seus filhos sobre esta nova fase que começa agora e vai durar muitos anos ainda, a fase escolar. Quando a criança vai para a escola pela primeira vez, ela é introduzida em um novo espaço e passa a vivenciar uma nova rotina junto com outras crianças. Neste momento acontecem dois processos simultâneos: o de separação e o de construção de um novo vínculo afetivo, por isso a integração família/escola é tão importante.

foto 1

Com o intuito de contribuir para uma adaptação mais tranquila de todas as partes envolvidas, as escolas costumam traçar estratégias simples. Uma delas é sugerir para as famílias que a pessoas que for levar a criança à escola seja sempre a mesma. Isso dá mais segurança à criança e ajuda no processo, na medida em que o desprendimento gradual vai se acentuando.

Daí, inclusive, é melhor que seja uma pessoa que a criança não tenha tanta proximidade. Em outras palavras, se o filho ou filha é mais agarradinho com a mãe, a sugestão é que venha com o pai e vice-versa. As babás também são uma excelente opção

A criança pode trazer consigo um objeto de casa ( companheiro simbólico ) que dará ainda mais segurança a ela neste novo espaço a ser conquistado. Aos poucos, e com o passar do tempo estes objetos também são deixados em casa. Outra dica é não alterar a rotina da criança em casa, ou seja, não é hora de mudanças de cama, de quarto, retiradas de fraldas, chupeta e mamadeira. Cada um destes processos, para um criança pequena, é uma adaptação e, portanto, é melhor que ela não acumule tantas alterações..

No primeiro instante os pais ou acompanhantes devem permanecer na escola e , de preferência, participar efetivamento do primeiro contato da criança com a professora.

Untitled-1

Em seguida, já com a adaptação em andamento, os pais aguardam seu filho em um espaço da escola que possibilite uma eventual e breve visita da criança, caso ela venha a sentir algum desconforto natural da separação.

Aos poucos, o período em que a criança permanece na escola, sem a presença dos pais, vai aumentando naturalmente até que preencha todo o horário escolar.

A flexibilidade na integração família/escola é fundamental neste momento. Na Vila da Criança, por exemplo, antes do início das aulas, os pais são convidados a participar de uma reunião especial de adaptação, na qual todas estas dicas e orientações sobre o processo são abordadas detalhadamente, afinal, os pais também estão se adaptando. Este vínculo com a instituição é determinante para o sucesso da adaptação que depende de fatores como confiança segurança, atenção e muito carinho.

Untitled-2

Adaptação é assim, no começo as crianças ficam inseguras, um pouco apreensivas, mas depois a alegria retoma seu lugar.

Ana Maria Berutti Marques é psicóloga e coordenadora da Vila da Criança
anamaria@viladacriança.com.br
Fone:  3287-7772