Monitoria: Cooperação no ambiente escolar

A proposta de envolver as crianças na organização do ambiente escolar através de monitorias é uma prática frequente nas salas de aula da Vila.

As crianças dos períodos participam ativamente da organização e do funcionamento dos espaços, assim como definem regras de convivência. Depois de chegarem a acordos sobre a melhor maneira de se organizarem, passam a eleger os monitores. Diferentemente de “ajudantes do professor”, ao pensar em monitores, queremos reforçar a ideia de que as regras são de responsabilidade de todos.  O objetivo é fazer com que as crianças reconheçam que as atitudes de uns afetam o funcionamento geral do grupo.

A formação social das crianças está em constante construção e o modo como nós, educadores, intervimos nas relações que se estabelecem no ambiente escolar, pode ou não favorecer a formação de pessoas com maior capacidade de compreender os outros e a si próprias e maior capacidade, também, de resolver conflitos relacionais.

As crianças demonstram grande prazer em assumir o papel de monitor. Escolher o trabalho com monitorias é acreditar que as situações nas quais elas possam dialogar, ouvir diferentes opiniões e explicitar seus pontos de vista com relação aos procedimentos adotados no convívio em grupo, favorecem a reflexão sobre atitudes e valores presentes nas relações interpessoais, além de implicá-las, desde cedo, no ambiente em que vivem.  Exercício de cidadãos…

Texto de Flavia Lamounier.