O projeto educativo da Vila é construído dia a dia, em um ambiente coletivo, vivido nas relações entre adultos e crianças. Aqui, cada pessoa é educador ou educadora. Cada um tem sua parcela diária no acolhimento e formação das crianças.

Acreditamos que a aprendizagem ocorre em situações que instigam: “Por que o tronco da jabuticabeira está cheio de flores? Quantos copos de suco cabem em uma jarra? Por que tem número  no sapato?

Uma simples pergunta pode se transformar em um objeto de investigação! Os pequenos cientistas, a partir de observações e estudos, começam a entender melhor como o mundo funciona! No começo, querem saber o nome. Depois, para que serve e, finalmente, como funciona!

O trabalho com as crianças  é feito por meio de projetos. Desenvolver projetos significa que, desde cedo, suas perguntas e seus olhares atentos são acolhidos e transformados em fonte de pesquisa em um ambiente de troca, de aprender junto!

Nesse processo, as crianças adquirem independência em simples ações do dia a dia: lavar as mãos, comer o lanche, calçar o tênis. Parece simples? Para o adulto sim, mas são  ações conquistadas com persistência. E quando conseguem, elas se sentem competentes e capazes de colaborar com o grupo!