O trabalho pedagógico da Vila se organiza através de projetos, oficinas e atividades permanentes.

Os projetos de trabalho possibilitam um enfoque globalizador do processo de ensino e aprendizagem.  Ao se depararem com questões reais, ao se mobilizarem para resolvê-las, os alunos vão se defrontar com uma série de problemas que exigirão o uso de instrumentos culturais, encontrados nas diversas disciplinas, para solucioná-los. Os projetos geram, assim, situações onde as novas aprendizagens ganham sentido e significado para os alunos.

As oficinas permitem as crianças vivenciarem e valorizarem experiências artísticas e culturais, além de desenvolverem habilidades motoras.  O trabalho com oficinas favorece a produção de artefatos em contextos sociais.  Ou seja, enquanto a criança produz, ela troca experiências com os colegas e se aproxima de informações sobre produções da nossa cultura.

As atividades permanentes envolvem situações da vida cotidiana (organização de espaços e objetos; higiene pessoal; alimentação; atitudes de independência; interações interpessoais), atividades de investigação e exploração em contextos variados (na própria escola; em excursões e pesquisas) e atividades de expressão  envolvendo o movimento e as representações (brincadeiras; música; rodas de conversa e histórias; atividades diversificadas).